sábado, 29 de maio de 2010

A oração segundo a vontade de Deus

"Logo que tomou o livro, os quatro seres viventes e os vinte e quatro anciãos prostraram-se diante do Cordeiro, tendo cada um deles uma harpa e taças de ouro cheias de incenso, que são as orações dos santos (Ap 5.8)".

A oração é a maneira pela qual Deus permite que nos aproximemos Dele quando nos utilizamos da senha permissiva para chegarmos ao trono da Sua graça que é nome de Jesus, rei dos reis, senhor dos senhores. Aquele que era, que é e que há de vir. O único digno de abrir, ler ou olhar o livro com os sete selos do apocalipse. "E eu chorava muito, porque ninguém fora achado digno de abrir o livro, nem de o ler, nem de olhar para ele. E disse-me um dos anciãos: Não chores; eis aqui o Leão da tribo de Judá, a raiz de Davi, que venceu, para abrir o livro e desatar os seus sete selos (Ap 5.4-5)". Aleluia!!! Mas Seu nome, o nome de Jesus é santo, é puro, e tudo que pedimos em Seu nome é concedido aos santos remidos desde que esteja de acordo com Sua vontade. Vemos por aí que o nome Dele é poderoso porém não é uma palavra mágica. Existem condições implícitas para que nossas orações cheguem ao Seu trono de graça.

E uma delas é que o que pedimos realmente esteja dentro dos Seus planos. "E esta é a confiança que temos nele, que, se pedirmos alguma coisa, segundo a sua vontade, ele nos ouve (1Jo 5.14)". Existem "crentes" que estão suprimindo o trecho "segundo a sua vontade". Pois certo dia um dos discípulos pediu a Jesus que os ensinasse a orar e Ele respondeu: "Quando orardes, dizei: Pai nosso, que estás nos céus, santificado seja o teu nome; venha o teu reino; seja feita a tua vontade, assim na terra, como no céu...". Sim Deus, que seja feita a tua vontade e não a nossa. Meu Senhor, tu nos instruíste a orar, a clamar ao teu Santo nome sempre de acordo com a tua vontade. O que está acontecendo hoje, as pessoas estão ordenando a ti Senhor que o teu Espírito deve agir de tal e tal maneira.  E o que eles pedem está acontecendo, mas Deus, és tu mesmo quem estás concedendo Senhor? És tu quem estás agindo? Que espírito é esse, ele vem de Ti? Que evangelho é esse pois não foi assim que nos ensinaste. Ah Senhor, a tua palavra também diz: "Pedis, e não recebeis, porque pedis mal, para o gastardes em vossos deleites (Ti 4.3)". Meu Deus, a tua graça é abundante, mas eu não sabia que agora nestes últimos tempos tu abririas as janelas dos céus de tal maneira que os teus seguidores poderiam se deleitar com mansões, carros importados, contas bancárias recheadas e aproveitar tudo que o mundo oferece. Porque a tua palavra diz que nós devemos nos separar do mundo e não sermos cúmplices dele. Mas há pessoas, que se auto-denominam Teus filhos, e por conseguinte meus irmãos que tem pregado a prosperidade, que tem professado o Teu nome mas que não mencionam uma tal de cruz.

Ah Senhor, esta tal de cruz parece que está meio fora de moda. Enfermidade e dificuldade financeira é coisa para derrotados, pessoas que estão nas mãos do diabo. Que evangelho é esse? Tem pessoas que não aceitam a tribulação sendo que a tua palavra diz que: "...por muitas tribulações nos importa entrar no reino de Deus (At 14.22)". Por que concedeste esta revelação de que não teremos mais tribulações somente a algumas pessoas Senhor? Como satanás fugiu tão facilmente de tentar a vida destas pessoas? Porque eu ainda não conheço muito bem a tua palavra. Sou novo na fé ainda, mas o livro que eu leio, que se chama bíblia tem um trecho onde Pedro nos alerta: "Sede sóbrios; vigiai; porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar (1Pe 5.8)". Eu sempre tive para mim que um leão é um animal perigoso, pelo menos nunca desejei estar ao alcance de um. Que o Senhor me proteja dele. Mas a tua palavra também diz: "E, contudo, também estes, semelhantemente adormecidos, contaminam a sua carne, e rejeitam a dominação, e vituperam as dignidades. Mas o arcanjo Miguel, quando contendia com o diabo, e disputava a respeito do corpo de Moisés, não ousou pronunciar juízo de maldição contra ele; mas disse: O Senhor te repreenda. Estes, porém, dizem mal do que não sabem; e, naquilo que naturalmente conhecem, como animais irracionais se corrompem (Jd 8-10)". Mas ainda bem que nos dias de hoje tu tens dado autoridade para que algumas pessoas zombem do diabo e de seus demônios inclusive conversando com eles em rituais de exorcismo que já se tornaram shows. Eu sempre pensei que não devêssemos trocar idéias com os demônios porque a tua palavra diz que satanás é o pai da mentira. Sempre achei que devêssemos pedir pela libertação de um possesso em nome de Jesus sem muito papo. Mas há pessoas perguntando o nome dos demônios, querendo saber também qual seria a intenção deles com os homens. Não havia pensado nisso ainda, mas talvez seja interessante, vai que ele está bem intencionado, talvez daria até para perguntar a ele que tipo de corpos ele prefere, qual o seu partido ou pra que time ele torce.

Falando sério agora irmãos, a minha pergunta é: Que espírito é este que tem feito estas coisas? Eu confesso na minha ignorância que realmente não sei. Mas o que eu entendo é que Deus não muda, pois Ele é o mesmo ontem hoje e sempre. E o Seu evangelho também, não muda, e será o mesmo até cumprir todo o seu objetivo. Existe uma lógica que me parece simples. Jesus morreu na cruz por nós. Ele sofreu, padeceu, morreu, ressuscitou e foi glorificado. Hoje está a direita de Deus, aleluia!!! E quem faz parte do seu corpo, é participante tanto do seu sofrimento, das suas aflições para que também depois da morte possa gozar da glória de Deus manifestada em si: "Mas alegrai-vos no fato de serdes participantes das aflições de Cristo, para que também na revelação da sua glória vos regozijeis e alegreis (1Pe 4.13)". Portanto querido, fica difícil de aceitar que agora, neste mundo tudo será bênção. Não dá, vai contra o evangelho. Temos que então estar muito alegres quando passamos pela tribulação pois ela fará parte de nossas vidas até nossa morte ou até o arrebatamento que eu creio estar muito próximo. E a tribulação, a aflição não deixam de ser uma confirmação de que estamos no caminho estreito e de que estamos causando problemas ao reino das trevas que por este motivo está destinando algumas de suas forças para tentar nos parar ou fazer-nos desviar do caminho.

As vezes parece que a tribulação não passa por mais que você ore, peça, clame. Continue, não pare de lutar. E nunca esqueça que a sua oração, se você for considerado justo diante de Deus, remido pelo sangue de Jesus, está no trono da Sua graça. Com certeza Ele a ouviu e se o que você pediu é de acordo com a vontade Dele acabará acontecendo para que o Seu nome seja glorificado. Veja o que a palavra diz neste trecho: "Pois, tantas quantas forem as promessas de Deus, nele está o sim; portanto é por ele o amém, para glória de Deus por nosso intermédio (2Co 1.20)". Este é o grande segredo: "...portanto é por ele o amém, para glória de Deus por nosso intermédio". Se for para honrar, para glorificar o nome do Senhor sem dúvida seu pedido será atendido. E aí está um grande ponto. Ele sabe o que está no teu coração, se é para honra Dele ou tua. Se você está trabalhando para Ele ou para ti mesmo. E quando é para Ele que trabalhamos sentimos a Sua presença mais forte porque neste momento nos esvaziamos de toda a nossa vontade, de todo o nosso querer para que Ele tome todo o nosso ser e nos preencha com a Sua paz que excede todo o entendimento, que está acima da nossa compreensão. E quando estamos cheios do Seu Espírito nos aquietamos para ouvir a Sua voz e oramos segundo a Sua vontade, e quando chegamos nesse ponto podemos ter a certeza de que Jesus dará o amém necessário para que nossa oração seja atendida pelo nosso Deus. "Porque dele, e por ele, e para ele, são todas as coisas; glória, pois, a ele eternamente. Amém (Rm 11.36)".

Que seja feita a Tua vontade Senhor!!!
Ora vem Senhor Jesus!!!

Norberto Ullrich

Nenhum comentário:

Postar um comentário